no ar

Julho 26, 2006 at 2:11 pm 8 comentários

decksitters.jpg 

 Ainda que as raízes estejam contidas, retidas, protegidas, o que sai, espraia-se para lá dos limites e expande-se… ao caso, apropria-se do olhar e do encantamento. Algo tão belo, emergindo de um espaço tão fechado, tão estrangulante.

Pensando bem, é «ainda que» ou exactamente «por que» as raízes estão encarceradas… ?

 O belo aéreo emergindo! e florescendo.

Entry filed under: Uncategorized. Tags: .

lava de fugida

8 comentários Add your own

  • 1. sotavento  |  Julho 26, 2006 às 9:53 pm

    Ora aí está uma bela questão!…
    Tenho uma planta que, há mais ou menos 20 anos, vive dentro de um vaso que cabe na minha mão, nunca a mudei!… Linda e verdejante, com metros e metros de comprimento. Costumo questionar-me de que viverá!
    Sabes… acho que se alimenta do meu mau feitio!…😉

    Responder
  • 2. blueshell  |  Julho 26, 2006 às 11:30 pm

    ABRAÇO APERTADO,
    BSHELL

    Responder
  • 3. the postman  |  Julho 27, 2006 às 12:36 am

    Como deve ter dado para perceber (com o meu anterior comentário), não associei desde logo a ligação entre este blog e o “Poesia Apenas” Falta de atenção e perspicácia minhas… mea culpa!🙂
    Há coisas lindíssimas que, não tendo uma explicação, nos levam a pensar incessantemente nelas e a admirá-las mais e mais.
    ***

    Responder
  • 4. viajante  |  Julho 27, 2006 às 12:47 am

    Ah, essa é uma conclusão interessante…
    De mau feitio? há muito quem tenha e muitas plantas preferem morrer🙂
    Há plantas assim, que se espraiam além do que parecia possível. E do que se espera. Linda a ideia, de defraudar a pequenez esperada….

    beijos, Senhora da Meia Praia

    Responder
  • 5. viajante  |  Julho 27, 2006 às 12:47 am

    Beijo, BlueShell, continua bem🙂

    Responder
  • 6. viajante  |  Julho 27, 2006 às 12:51 am

    Postman (porque será que prefiro Senhor dos Selos? risos…), parece-me do mais natural. Ainda por cima, nomes diferentes… , nicks que revestem facetas diversas para o “bloggar”.
    Bem vindo aqui, e, em ambas os sítios, tens uma cadeira com selo bordado🙂

    Responder
  • 7. tattoo gallery  |  Dezembro 21, 2006 às 5:04 pm

    tattoo gallery

    ecards home business online opportunity counter strike source wholesale computer parts cartoons iq tests south beach diet tattoo gallery

    Responder
  • 8. coupons 5  |  Abril 26, 2007 às 6:21 pm

    coupons 5

    Well, I just wanted to sign a blog on the first time in my life

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


No meio do molho de chaves

"Twenty years from now you will be more disappointed by the things that you didn't do than by the ones you did do. So throw off the bowlines. Sail away from the safe harbor. Catch the trade winds in your sails. Explore. Dream. Discover." Mark Twain
Julho 2006
M T W T F S S
    Ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
"bastam dois espelhos opostos para construir um labirinto" afirma J.L.Borges. E cada um, em Si mesmo, é prismático o bastante para o labirinto ser da interioridade de cada um. Por isso, no Labirinto nos procuramos, e ainda que sem fios, dispondo de espelhos.

Artigos Recentes

Blog Stats

  • 27,564 hits

%d bloggers like this: