erro(s) com problemas de consciência

Julho 23, 2006 at 9:26 pm 9 comentários

Caminho de pedras 

Fica sabendo que um erro é um equívoco, um desvio do caminho… um engano ou um delito. Há quem o tenha na conta da falha ineludível – e é. Quem o considere embaraçoso – e às vezes é. Portador de culpa, como uma brisa envenenada – e às vezes é.

Por vezes, erra-se, sem querer e sem parar a pensar: nem se vê o potencial de erro – senão depois de se ter cometido. E, mais raramente, quando se erra por se deixar tentar, encontra-se algo que nem se procurava, que nem se sabia que fazia falta, e depois faz bem.

Um erro com consequências felizes, que passa a ser uma sorte ter acontecido – um erro que se interroga se continua a ser um erro.

Entry filed under: pensar. Tags: .

Casa de férias… lava

9 comentários Add your own

  • 1. Nilson Barcelli  |  Julho 24, 2006 às 8:56 am

    Há erros felizes, de facto, mas a maioria…
    Parabéns pela tua casa de férias. Nem todos se podem dar a esse luxo. Menina sortuda…
    Beijinhos e boas férias.

    Responder
  • 2. viajante  |  Julho 24, 2006 às 12:37 pm

    E deixam de ser erros? ah, essa é (ainda) uma dúvida…

    A este luxo todos se podem dar, sim.
    É só mudar de endereço e de servidor (risos). Será que, às vezes, não fazemos coisas de pouco esforço porque achamos que custam muito??!! (divaguei….)

    beijos.

    PS – Já viste que trouxe o teu poema :))

    Responder
  • 3. Nilson Barcelli  |  Julho 24, 2006 às 8:08 pm

    Só agora é que vi…
    Esses erros deixam de ser erros e passam a ser erros felizes. Penso eu…

    Beijos.

    Responder
  • 4. cap  |  Julho 25, 2006 às 12:53 am

    Acho que a noção de erro surge sempre após o acto. Antes, podemos, às vezes, ter a ideia de risco.

    Um erro consciente chama-se teimosia.

    Beijos e parabéns pela bela casa de férias.🙂

    Responder
  • 5. viajante  |  Julho 25, 2006 às 1:26 pm

    Erros que passam a ser causa de felicidade…
    OK, Nilson. Comprendi.
    Mas imagina que o erro tem “consciência culpada”. O que ensombra a felcidade, certo? eu sei, gosto de complicar… mas a vida é complexa. E raramente linear…

    beijos, e pontos de interrogações parecidos com curvas de labirinto (risos)

    Responder
  • 6. viajante  |  Julho 25, 2006 às 1:29 pm

    Bem visto, CAPtain. O «depois» traz a noção de erro.
    Se sabia antes, é porque quero fazê-lo (teimosia ou persistência…) de modo que insisti em realizar o erro. Mas não existem erros pre-meditados? que já se calculava que o eram? e se realizam na mesma… Com a noção do Risco, dirás…
    O cálculo do risco também pode estar errado (risos)
    e acabar por dar certo…

    beijos, obrigada pelos parabéns. Vamos lá a ver se mantenho (mos) as janelas da casa bem abertas…

    Responder
  • 7. idvfliezwt  |  Março 18, 2007 às 6:41 pm

    free gay gallery gang bang slave thumbs

    Responder
  • 8. Hugo  |  Junho 19, 2007 às 1:29 pm

    Adorei o blog de vocês, parabéns!!! nota 10! Se puderem visitar meu site sobre regressao a vidas passadas ficarei muito grato http://www.espacoauryn.com . Abraços

    Responder
  • 9. Nilijoudior  |  Novembro 16, 2007 às 10:20 am

    Two new studies show why some people are more attractive for members of the opposite sex than others.

    The University of Florida, Florida State University found that physically attractive people almost instantly attract the attention of the interlocutor, sobesednitsy with them, literally, it is difficult to make eye. This conclusion was reached by a series of psychological experiments, which were determined by the people who believe in sending the first seconds after the acquaintance. Here, a curious feature: single, unmarried experimental preferred to look at the guys, beauty opposite sex, and family, people most often by representatives of their sex.

    The authors believe that this feature developed a behavior as a result of the evolution: a man trying to find a decent pair to acquire offspring. If this is resolved, he wondered potential rivals. Detailed information about this magazine will be published Journal of Personality and Social Psychology.

    In turn, a joint study of the Rockefeller University, Rockefeller University and Duke University, Duke University in North Carolina revealed that women are perceived differently by men smell. During experiments studied the perception of women one of the ingredients of male pheromone-androstenona smell, which is contained in urine or sweat.

    The results were startling: women are part of this repugnant odor, and the other part is very attractive, resembling the smell of vanilla, and the third group have not felt any smell. The authors argue that the reason is that the differences in the receptor responsible for the olfactory system, from different people are different.

    It has long been proven that mammals (including human) odor is one way of attracting the attention of representatives of the opposite sex. A detailed article about the journal Nature will publish.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


No meio do molho de chaves

"Twenty years from now you will be more disappointed by the things that you didn't do than by the ones you did do. So throw off the bowlines. Sail away from the safe harbor. Catch the trade winds in your sails. Explore. Dream. Discover." Mark Twain
Julho 2006
M T W T F S S
    Ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
"bastam dois espelhos opostos para construir um labirinto" afirma J.L.Borges. E cada um, em Si mesmo, é prismático o bastante para o labirinto ser da interioridade de cada um. Por isso, no Labirinto nos procuramos, e ainda que sem fios, dispondo de espelhos.

Artigos Recentes

Blog Stats

  • 27,564 hits

%d bloggers like this: